Image
Image

EVENTOS

FFA2014O FFA – Fórum For Agriculture retorna a Bruxelas na terça-feira 1 de Abril de 2014.
Atualmente na sua 7 ª edição, o FFA2014 continuará a ser o ponto de encontro privilegiado para aqueles que têm uma participação no futuro da agricultura. Este ano serão discutidos temas como o futuro Comércio Transatlântico e o Investimento de Parceria (TTIP) entre a UE e os EUA, assim como a produção sustentável de alimentos.

Sobre o Fórum para o Futuro da Agricultura - FFA2014

Baseado num histórico de seis anos de debates livres e abertos sobre o futuro da agricultura, o Fórum Anual da Agricultura (FFA) retorna a Bruxelas na terça-feira 1 de abril.
Atualmente na sua 7 ª edição, o FFA2014 continuará a ser o ponto de encontro privilegiado para aqueles que têm uma participação no futuro da agricultura.

Este ano, tanto o futuro Comércio Transatlântico e o Investimento de Parceria (TTIP) entre a União Europeia e os Estados Unidos, como a produção sustentável de alimentos serão temas-chave.
Os oradores do FFA irão examinar o que estas e outras questões significam para o futuro da produção agrícola da União Europeia, para a conservação ambiental e o bem-estar do consumidor.
Tomadores de decisão internacionais procurarão descobrir nos seus debates a melhor forma de conciliar a produção agrícola com a preservação ecológica, trazendo inventivo e soluções estimulantes para a mesa.

O FFA convoca sempre ilustres de várias instituições internacionais de renome, tais como a Comissão Europeia, o Conselho Europeu, o Parlamento Europeu, ONG's e empresas de todos os setores para apresentar os seus pontos de vista sobre a segurança alimentar mundial e a sustentabilidade.

As discussões serão moderadas por Stephen Sackur, da BBC, e por Matthew Dempsey, do "Irish Farmers Journal".

Deste modo, o FFA2014 promete ser ainda mais indispensável, envolvente e emocionante do que nunca!

Mais informações AQUI.

seminario 2014 valorizacao fileira pinha pinhao

Auditório Municipal de Alcácer do Sal - 28 de Março de 2014

No âmbito da execução do projecto "Programa de Valorização da Fileira da Pinha/Pinhão" uma iniciativa QREN, apoiada no âmbito do INALENTEJO, a UNAC organizou o Seminário de Encerramento no passado dia 28 de Março de 2014, no auditório municipal de Alcácer do Sal, onde foram apresentados os principais resultados obtidos, para além de comunicações na área da Produção e Gestão de Povoamentos, na Valorização do Produto e sobre o Sector e o Mercado do Pinhão, por parte de oradores nacionais e internacionais.

O pinheiro manso é uma das espécies florestais mais interessantes na economia das explorações agro-florestais mediterrânicas. Por essa razão, têm sido realizados elevados investimentos por parte dos produtores florestais, que se traduziram num aumento significativo das áreas de pinheiro-manso (46% em área total entre 1995 e 2010), que totalizam actualmente 175.000 hectares.

A UNAC identificou o Pinheiro Manso como uma das sua áreas de trabalho prioritárias com vista a um aumento na profissionalização desta cultura e à promoção da melhoria da competitividade da fileira da pinha/ pinhão na região do Alentejo.

Não obstante a actual conjuntura de baixa produção de pinha, e que tem gerado preocupação dentro do seio da Fileira, a UNAC considera, no que é uma característica intrínseca a qualquer investimento florestal, que deve ser delineada e executada uma estratégia de médio e longo prazo que permita o desenvolvimento das potencialidades desta fileira.

Após o seminário foi realizada a apresentação do Livro "Receitas com Pinhão", seguindo-se uma Sessão de Degustação de pinhão e produtos à base de pinhão.

Apresentações AQUI

NOTAS PARA OS EDITORES - A UNAC – União da Floresta Mediterrânica representa os interesses dos produtores florestais do espaço mediterrânico português junto das instituições nacionais e europeias, através de uma estratégia de intervenção de cariz técnico-político. Acompanha e analisa todos os processos e iniciativas com relevância e interesse para os seus associados, como é o caso das políticas rurais, florestais, ambientais e fiscais. Através da UNAC, as organizações de produtores florestais do espaço mediterrânico definem posições comuns sobre temas estratégicos e transversais, desenvolvendo contributos e participações válidas, construtivas e tecnicamente fundamentadas. Tem uma área territorial de influência de dois milhões de hectares.

seminario valorizacao fileira pinha pinhaoAuditório Municipal de Alcácer do Sal
28 de Março de 2014

O pinheiro manso é uma das espécies florestais mais interessantes na economia das explorações agro-florestais mediterrânicas. Por essa razão, têm sido realizados elevados investimentos por parte dos produtores florestais, que se traduziram num aumento significativo das áreas de pinheiro-manso (46% em área total entre 1995 e 2010), que totalizam actualmente 175.000 hectares.
A UNAC identificou o Pinheiro Manso como uma das sua áreas de trabalho prioritárias com vista a um aumento na profissionalização desta cultura e à promoção da melhoria da competitividade da fileira da pinha/ pinhão na região do Alentejo.

Não obstante a actual conjuntura de baixa produção de pinha, e que tem gerado preocupação dentro do seio da Fileira, a UNAC considera, no que é uma característica intrínseca a qualquer investimento florestal, que deve ser delineada e executada uma estratégia de médio e longo prazo que permita o desenvolvimento das potencialidades desta fileira.

Foi para dar resposta a esta estratégia que a UNAC - União da Floresta Mediterrânica executou o Projecto "Programa de Valorização da Fileira da Pinha/Pinhão" uma iniciativa QREN, apoiada no âmbito do INALENTEJO, cujo investimento ascende a 113.660,47 euros, com cofinanciamento FEDER de 79.562,33 euros.

No âmbito da execução do referido projecto, a UNAC está a organizar o Seminário de Encerramento que se vai realizar no próximo dia 28 de Março de 2014, no auditório municipal de Alcácer do Sal, e onde vão ser apresentados os principais resultados obtidos, para além de comunicações na área da Produção e Gestão de Povoamentos, na Valorização do Produto e sobre o Sector e o Mercado do Pinhão, por parte de oradores nacionais e internacionais.

Após o seminário será ainda realizada a apresentação do Livro "Receitas com Pinhão", por parte do Provedor da Confraria Gastronómica do Alentejo, seguindo-se uma Sessão de Degustação de pinhão e produtos à base de pinhão.

Programa aqui

seminario final projeto corknow howSexta-feira, 6 de Dezembro 2013, 9:30-13:00H

Observatório do Sobreiro e da Cortiça (Coruche)

O reforço da competitividade dos produtores suberícolas, depende, entre outros fatores, da melhoria da qualidade do processo produtivo e da sustentabilidade do montado de sobro, e da divulgação de métodos e práticas inovadoras aplicados às várias fases do processo produtivo e de comercialização da matéria-prima.

Foi para dar resposta a estas necessidades que a UNAC - União da Floresta Mediterrânica executou o Projeto "Corknow-how: Conhecimento Suberícola em Rede", uma iniciativa comunitária promovida pelo Ministério da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território cofinanciada pelo Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural - A Europa investe nas zonas rurais - no âmbito do Programa da Rede Rural Nacional, cujo investimento ascende a 113.796,37 euros, com cofinanciamento FEADER de 108.407,60 euros.

No âmbito da execução do referido projeto, a UNAC está a organizar o Seminário de Encerramento que se vai realizar no próximo dia 6 de Dezembro, no auditório do Observatório do Sobreiro e da Cortiça em Coruche (programa em anexo).

Com este Seminário pretende-se apresentar os principais resultados deste projeto, destacando-se o Balanço das Campanhas de Cortiça 2012 e 2013, o Guia de Comercialização de Cortiça, o Modelo Base da Conta de Cultura para o Sobreiro (Conta SB 1.0) e o "Estudo de Determinação dos Pontos de Valor Acrescentado da Fileira da Cortiça", elaborado para a UNAC pela AGRO.GES.

Informações e programa AQUI

Para esclarecimentos e inscrições contacte:
UNAC - União da Floresta Mediterrânica
T: 21 710 00 14
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

NOTAS PARA OS EDITORES - A UNAC – União da Floresta Mediterrânica representa os interesses dos produtores florestais do espaço mediterrânico português junto das instituições nacionais e europeias, através de uma estratégia de intervenção de cariz técnico-político. Acompanha e analisa todos os processos e iniciativas com relevância e interesse para os seus associados, como é o caso das políticas rurais, florestais, ambientais e fiscais. Através da UNAC, as organizações de produtores florestais do espaço mediterrânico definem posições comuns sobre temas estratégicos e transversais, desenvolvendo contributos e participações válidas, construtivas e tecnicamente fundamentadas. Tem uma área territorial de influência de dois milhões de hectares.

© 2018 UNAC. All Rights Reserved. Powered By Agri-Ciência

Search