Image
Image

EVENTOS

seminario interprofissionalismo fileira corticaÉvora | Fórum Fundação Eugénio de Almeida | 4 de Outubro de 2013

O Seminário destina-se a todos os interessados e agentes da fileira da cortiça, desde proprietários florestais, técnicos e gestores florestais, empresários e industriais do sector.

Participe e mantenha-se informado!

As bases do interprofissionalismo florestal, estabelecidas na Lei n.º 158/99, de 14 de Setembro, consagraram pela primeira vez no nosso ordenamento jurídico o papel dinamizador das organizações associativas representativas dos diferentes interesses sectoriais da fileira, enquanto importante pólo de concertação e de cooperação entre os agentes do sector, com vista à contribuição para a valorização dos produtos florestais.

A Filcork - Associação Interprofissional da Fileira da Cortiça é a primeira associação interprofissional do sector florestal em Portugal reconhecida oficialmente, através do Despacho n.º 24543/2008, Diário da República, 2.ª série - N.º 190 - 1 de Outubro de 2008, Alvará de Reconhecimento de 22 de Outubro de 2008.

O seu modelo de participação assegura a presença igualitária entre os estádios da produção e da transformação, sendo uma organização dedicada aos problemas do conjunto da fileira, equidistante e independente de interesses particulares e constituindo um interlocutor institucional credível e eficaz na defesa dos interesses da cortiça.

No âmbito da execução o projeto "Programa de Valorização da Cortiça no Alentejo", uma iniciativa apoiada no âmbito do QREN através do Programa INALENTEJO, cujo investimento é de 303.700,00 euros, com cofinanciamento FEDER de 70%, a Filcork irá realizar o Seminário "Interprofissionalismo na Fileira da Cortiça: modelo de futuro" com o objetivo de promover a discussão e a reflexão sobre o tema.

As inscrições para o Seminário são realizadas através de preenchimento do formulário online, disponível em http://www.unac.pt/filcork/index.html

Programa AQUI

Para mais informações contacte:

Nélia Aires (Filcork): 217 100 014 / 915 176 201 / Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

accao demonstracao produzir pinha pinhao negro20 de Setembro de 2013 | Alcácer do Sal/Grândola | 10H00

O pinheiro manso constitui, atualmente, uma das espécies florestais mais interessantes assumindo um papel preponderante na economia das explorações agroflorestais mediterrânicas, sendo uma das fileiras emergentes mais relevantes do sector produtivo primário.

Para dar resposta a estas necessidades, a UNAC - União da Floresta Mediterrânica, encontra-se a executar o Projeto "PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DA FILEIRA DA PINHA/PINHÃO" uma iniciativa QREN, apoiada no âmbito do INALENTEJO, cujo investimento ascende a 113.660,47 euros, com cofinanciamento FEDER de 79.562,33 euros.

O objetivo desta Ação de Demonstração é o de apresentar um exemplo da Primeira Transformação da Pinha em Pinhão Negro, enquanto mecanismo de Sustentabilidade e de Profissionalização da Produção de Pinhão. Este processo permite um maior controlo e valorização do pinhão produzido.

Complementarmente, serão também discutidos os resultados obtidos sobre a produtividade e rentabilidade das unidades de primeira transformação de pinha em pinhão negro, no que constitui um importante contributo para a divulgação e sensibilização do Pinhal Manso.

Mais informações e inscrições AQUI.

PONTO DE ENCONTRO - Estação de Serviço da GALP na EN 120 (Sentido Alcácer do Sal-Grândola)

workshop pinheiro manso4 de Abril de 2013 | Observatório do Sobreiro e da Cortiça - Coruche

O pinheiro manso constitui, atualmente, uma das espécies florestais mais interessantes assumindo um papel preponderante na economia das explorações agroflorestais mediterrânicas, sendo uma das fileiras emergentes mais relevantes do sector produtivo primário.

O objetivo deste Workshop foi o de apresentar um dos resultados deste projeto, um Modelo Base da Conta de Cultura para o Pinheiro Manso (ContaPM 1.0), que consiste numa Folha Excel parametrizada com a conta de cultura do pinheiro manso.

Através de valores padrão para os custos e receitas associados à cultura do Pinheiro Manso, e através da definição de um modelo de gestão para a cultura, os produtores poderão simular/validar várias opções de gestão e identificar a rentabilidade de potenciais práticas/técnicas para diferentes períodos temporais, assim como qual o seu limiar de rentabilidade, reforçando a sua competitividade.

Complementarmente, foram também apresentados resultados de ID e de monitorização sobre produções/produtividade da pinha, no que constitui um importante contributo para a divulgação e sensibilização do Pinhal Manso.

Na Ação de Demonstração foram realizadas visitas a áreas com diferentes intervenções silvícolas em Povoamentos de Pinheiro Manso (plantação, desramação, desbaste e enxertias).

Projeto “PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DA FILEIRA DA PINHA/PINHÃO” uma iniciativa QREN, apoiada no âmbito do INALENTEJO, cujo investimento ascende a 113.660,47 euros, com cofinanciamento FEDER de 79.562,33 euros.

Programa AQUI

As apresentações do Workshop:

Isabel Carrasquinho - INIAV

Margarida Tomé - ISA

Mariana Ribeiro Telles - APFC

Nélia Aires - UNAC

Nuno Calado - UNAC

 

profs

20 Setembro de 2012 | Auditório Espaço Monsanto | Lisboa

Reflexão sobre o desenvolvimento da certificação florestal em Portugal, e debate sobre o papel da Certificação FSC na cadeia de valor das empresas e de que forma estas articulam uma Política Florestal Responsável com os seus compromissos.

Dia 20 de Setembro, no Auditório do Espaço Monsanto, em Lisboa.

Inscrições para: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Programa AQUI

© 2018 UNAC. All Rights Reserved. Powered By Agri-Ciência

Search